Sayonara Zetsubou Sensei [review]

Dentro do colégio, na classe 2-he, temos um professor com problemas na vida e está toda hora desesperado com a sociedade, além de tentar suicidar a todo momento, em sua classe tem várias alunas com alguma característica diferente, como hikikomori, stalker, extremamente positiva, muito correta e entre outros.

O anime é inspirado no mangá homônimo Sayonara Zetsubou Sensei, que é serializada pela revista Shonen Magazine desde 2005, o mangaká é o Kumeta Koji.

O anime tem até o momento 4 temporadas, sendo que são o Sayonara Zetsubou Sensei (primeira temporada), Zan Sayonara Zetsubou Sensei (segunda temporada), Goku Sayonara Zetsubou Sensei (continuação da segunda),Zoku  Sayonara Zetsubou Sensei (terceira temporada), e ainda deverá ter mais temporadas já que ainda tem muitas partes do mangá que ainda não foi colocado no anime.

Os episódios costumam estar dividido em tres partes, o começo em que algum personagem depara com uma situação em que surpreende, depois o personagem generaliza o assunto para que qual queira assunto possa ser colocado em tal padrão, e dá vários exemplos e no fim é a conclusão.

O anime é cheio de referencias já que é dado vários exemplo da situação, então ele comenta de vários assuntos e conseqüentemente acaba fazendo as referencias, o anime comenta desde o mundo otaku até política internacional, assim é muito difícil com que uma pessoa consiga entender todas as piadas e referencias, e num único episódio pode ter mais 40 referencias, e vários ficam escritos no fundo, assim é difícil ler todos e entender, por isso não fique assustado se não entender metade das referencias .

Os personagens aqui sempre representam um grupo de pessoa, fazendo críticas as pessoas já ditas e até o censo comum e os estrangeiros, e tais personagens tem o nome que caso lido de lado, faz com que o nome diga como é a pessoa, como o Itoshiki nozomum que é o professor, pode ser lido como zetsubou, Chiri Kitsu que é muito correta, Kobushi Abiru parece receber DV, ente outros, nesse anime existem mais personagens feminino do que masculino, tal vez por que a revista é masculina e costuma mostrar corpo inteiro para a alegria dos leitores.

Na parte de animação não tem cenas de luta em que essa parte seja tão pedida, mas ele usa efeito muito bom, como a roupa do sensei e alguns outros personagens, se prestar atenção poderá perceber que as estampa das roupas ficam parado em quanto a roupa se movimenta, é um efeito utilizado atualmente para animes em que o importante é um efeito visual mais de loucura, a cena de quando os personagens se desesperam ficou muito bom e muito marcante, até digo que o anime consegue superar o mangá, único problema do anime é que para ler as referencias no fundo é necessário pausar para ler.

A música de fundo tem uma qualidade muito bom, as aberturas tem muita repetição, assim mostra o estilo do anime, em que o mesmo assunto é repetido, e as músicas de fundo é muito bem utilizado.  Os seiyuus têm uma qualidade muito boa, a maioria deve ser um conhecido dos fãs mais hardcore, como o itoshiki é dublado pelo Hiroshi Kamiya ( Otonashi de Angel Beats! E Kou de Arakaw under the bridge), e muitos outros que se fosse colocar  as principais vozes ficaria uma lista muito longa.

Como curiosidade:

Um homem careca, que aparece toda hora e tem uma voz estranha é um dos assistentes dele e se chama MAEDAX.

Um dos assistentes do Kumeta era o Kenji Hata que é o mangaká do Hayate no gotoku!, então no anime tem muita referencia a ele.

Um mangaká de cabelo comprido é o próprio mangaká

O mangaká antes publicava na Shonen Sunday, até que o mangá dele foi cancelado repentinamente e teve uma briga dele com a revista, assim ele foi para a shonen magazine (isso explica por que o hayate é da Sunday e o Zetsubou é da magazune).

Todo fim de episódio é colocado uma imagem de uma mangaká que é convidado para desenhar, no começo só tinha mangaká da Shonen magazine, mas de pois de um tepo começou a generalizar, até mangakás da Jump SQ tem imagem lá.

Nos OVA do Goku tem um momento em que o traço dos persoangens mudam, esse era o estilo utilizado antes do Zestubou sensei, dá pra notar que ele não gostava do traço antigo, tanto que ele fala.

Resumino tudo: o anime é uma comédia bem inteligente e discuti muitas coisas que acontecem na sociedade, mas por ser muito comum, ele é ignorado, mesmo que não deva ser uma coisa tão obvia, o anime faz com que abrirmos os olhos, para aqueles que buscam uma comédia mais cabeça esse é o certo para você, mas caso você não consiga entender as referencias, não se preocupe já que o anime é difícil mesmo, mas é bom procurar sobre as referencias para que possa se divertir sem nenhum problema.

Link:

link para download de anime com legenda português.

para download de torrent com legenda em ingles (recomendo para aqueles que tem domínio nessa língiua).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s