X Japan no Brasil

No dia 11 de setembro ocorreu o show do X Japan em São Paulo. A banda pioneira no estilo visual kei e um dos que mais influenciou a música japonesa. O show sem dúvida foi um evento inesquecível, mas vários problemas que ocorreram no evento poderia ter comprometido tudo. Este post tem como objetivo a de mostrar os problemas que ocorreram no show, para que as pessoas que foram para o show tenham suas reclamações escutadas pelas empresas e que não ocorra mais tais problemas.

Mas antes de tudo devemos falar das coisas boas! O texto acima ficou muito sério, já que estou fazendo uma reclamação, mas primeiro falarei sobre as coisas boas que ocorreram.

 

1- Guaraná: Para os fãs que estavam na fila lá pelas 3 horas da tarde, puderam tomar o guaraná que o Yoshiki mandou! Isso é uma coisa muito positiva, mesmo que o valor dos guaranás não sejam quase nada para o custo total do show e a banda em si não tenha feito um esforço direto. Este pequeno ato muda todo o humor dos fãs que estavam na fila.

2- HSBC Hall: O local é bom, tem um bom sistema de sons, um espaço bom que suporta 4.500 pessoas e tem uma área no palco. O sistema de ar condicionado foi eficaz e o bar esteve funcionando o tempo inteiro (tirando o fato deles meterem a faca nas bebidas e é inconveniente ter que sair do seu lugar para ir pegar alguma coisa para beber).

3- O show em si: o show foi muito bom, com uma boa seleção de música, com os clássicos da banda e novas como Jade e I.V.. As músicas originalmente cantadas em japonês foram cantado na língua original, assim o medo de muitos fãs foram afastados. O encore também foi bom. Só senti falta de Crucify my love que estava no show do Chile, mas teve o solo de piano do Art of Life pelo Yoshiki.

4- Homenagem ao Hide: Os fãs que foram para o VIP e para os que foram cedo para a fila fizeram uma homenagem simples, mas emocionante para o Hide. Quando começassem a tocar endless rain, os fãs deveriam encher um balão até que quando começasse o solo da música, todos deveriam soltar o balão no ar e manter eles no alto gritando “Hide”. Muito bonito e claramente emocionou Yoshiki. Único problema é que quem não chegou cedo não pôde participar da homenagem direito (mas isso fazia parte do conceito dos fãs que organizaram, de que os que chegassem depois das 1 horas eram todos posers e não mereciam fazer a homenagem).

Bom, estes são basicamente os melhores momentos, eu poderia falar com mais detalhes sobre o show que foi maravilhoso, mas aí vai ficar muito mais pessoal. Então agora vamos para os vários problemas que tivemos antes do show.

1- A confusão na hora da venda de ingresso pela Ingresso Rápido e o banco HSBC: O problema foi uma falta de respeito com os fãs que foi feito pelas duas empresas. Do que foi passado para os fãs pela Yamato Music é que o HSBC pediu para que o Ingresso Rápido passasse os ingressos do VIP e camarote para eles e deixassem só a pista comum no sistema do Ingresso Rápido. Conclusão, tivemos vários fãs desesperado apertando F5 no site do Ingresso Rápido, um vai e vem de comentários de pessoas querendo o VIP e pessoas desesperados para comprar numa loja da Ingresso Rápido (já que o site começou a falhar, por causa do grande tráfego). Eu fui muito prejudicado, já que planejava comprar um ingresso da pista VIP, mas com esse todo problema tive que ir cedo para a loja em frente ao HSBC e mesmo assim o ingresso acabou quando eu estava na fila.

2- Fila e Seguranças do HSBC: Eu e meu amigo (HugoLoLxD) fomos para a fila no dia do show as 7h 20min. Nesse horário deveria ter menos de 75 pessoas na fila. Estávamos numa posição boa e não precisávamos nos preocupar. Mas a fila estava crescendo para o lado que ficava a fila do VIP. Então veio os seguranças que tiveram que reorganizar a fila. Até aqui não teve nenhum problema. Mas os seguranças, envés de falar para o pessoal que estava na frente, avançar para o local definido. Eles resolveram avisar por quem estava por último na fila, esse pessoal viu aí a chance de virar a situação e saiu correndo. Conclusão: várias pessoas desesperadas saíram correndo para pegar um bom lugar na fila. Eu e o HugoLoLxD ficamos lá pelos últimos e estaríamos numa posição parecida, se tivesse chegado lá pelas 10 horas (o horário que ocorreu todo essa confusão), tendo nesse momento mais de 100 pessoas a nossa frente.

3- Seguranças do HSBC: Dividindo um pouco o tópico para falar sobre os seguranças especificamente. Eles disseram que chegaram no evento lá pelas 8h. Mas resolveram atuar as 10h. O estranho é que se chegaram no horário que falaram, eles tiveram 2h para ver que a fila tinha um erro, planejar uma nova organização e realizar a operação. Mesmo assim saiu aquela bobeira, em fim, isso mostra que o HSBC subestimou o fanatismo dos fãs e não esperaram que tivesse tanta gente na fila.

Depois de um tempo as pessoas que estavam lá na frente da fila começaram a reclamar por estar muito exprimido e pediram para que todos fossem para trás para que abrisse espaço. Os seguranças resolveram participar da organização para mostrar que poderiam fazer alguma coisa e complicou tudo novamente. Então ficou um vai e volta de pessoas para abrir um espaço. Se as pessoas olhassem para o lugar, veria que o espaço que precisaria ser aberto seria de no máximo 4 metros (isso se fosse abrir um lado inteira). Mas os seguranças mandaram o pessoal voltar mais de 12 metros. Então alguns observando o exagero, começaram a voltar para o espaço em excesso, então os seguranças mandavam de novo ir para trás e ficou assim por quase 1h. O que é 1h tendo que ir pra frente e para trás para abrir um espaço ínfimo. Ainda por cima deixaram um espaço muito grande aberto(uns 4 metros). Para que serviu esse espaço? Para os fula filas pulassem o corrimão e tivesse espaço.

No meio dessas 1h, começaram a aparecer pessoas tentando organizar a fila por conta própria, atrapalhando toda a organização de novo. E aqui apareceu uma das maiores mostras da falta de treinamento dos seguranças. Os dois começaram a se peitar para ver quem que mandava na fila! Isso não deveria ocorrer num evento de grande porte, nem nos eventos mais fraco como ressaca friends acontece isso.

4- Atraso: A pista estava previsto para abrir as 4h e o show começaria as 6h. Os primeiros sinais de atraso começou a aparecer quando alguns dias antes do show, no site oficial do Yamato music falava na abertura da pista as 5h e o começo do show as 7h. Mas a verdade é que a pista abriu as 6h 20 min, e o show começou as 8h 20 min. O problema parece ter sido um atrasado na gravação do Making of e para arrumar os instrumentos musicas (como demoro pra arrumar o violino do Sugizo, que no fim continuou falhando até dar uns ajustes no início do solo dele). Isso deixou os fãs muito estressado.

5- Fãs: As empresas não foram as únicas culpadas pelos problemas. Além daqueles 2 que estavam atrapalhando a organização da fila. Os fãs impacientes começaram a xingar tudo mundo e começou a gritar “Ei, Yamato vai tomar no c*”. Os fãs tinham muito motivo para reclamar (como eu), mas acho que uma agressão como essa não dá nenhum resultado positivo, mas apenas negativos. Acho que todos deveriam ter se acalmado mais naquele momento. De qual quer jeito a Yamato foi o responsável pela vinda do X Japan, e o problema foi geral. Única coisa é que o Yamato teve que segurar todas as pontas e pedir desculpas para os fãs (um modelo parecido com as empresas japonesas).

6- Lee-chi: Essa muitos devem ter ignorado, mas eles eram responsáveis pela venda dos produtos oficiais da banda (não aquelas pessoas que vendiam cacareco na frente, apesar dos produtos serem parecidos). O problema é que pouca gente devia estar com paciencia para ver os produtos deles antes do show, já que teve todo esse atraso e tal. E quando o show terminou, a barraca deles já estavam fechado. Fãs que pensaram em comprar depois saíram perdendo. Essa empresa foi tão inútil que pouca gente deve se lembrar dela.

7- Yamato Music: eu protegi a empresa em cima, mas eles também tem sua parcela de culpa. Esta deve ter sido a primeira vez que eles mexeram com um show tão grande (a organização do Anime Friends deve ter sido mais fácil para eles do que esse show). O problema principal da Yamato foi não ter força suficiente para peitar as outras duas empresas, para tentar resolver os problemas dos fãs. Acredito que alguns problemas poderiam ter sido resolvido mais rapidamente, se alguns funcionários tivessem ido pra fila também para ver os problemas que estavam acontecendo e segurado melhor as empresas. As duas empresas que eu me refiro (Ingresso Rápido e HSBC Brasil) é muito maior que a Yamato, sem contar que essa partição (Yamato Music) é muito nova e sem força, mas dava para ter feito alguma coisa. Como não tenho acesso ao contrato feito pelas empresas, então não tenho como falar melhor sobre este tipo de problemas, mas é quase certeza que a Yamato errou em alguma parte daí.

Concluindo: O evento foi muito bom e complicado ao mesmo tempo. Ele pediu muito da paciência dos fãs. E aqui está o fim de tudo. Espero que não se repita mais tantos problemas na organização dos eventos pela Yamato Music e Aguardo por novos eventos da Yamato Music e uma volta da banda para o brasil.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s