Kami sama no Memochou [review] by Eiti

Este anime teve um primeiro episódio muito aclamado, mas o meio começou a ficar decepcionante e só voltou a ser algo surpreendente de novo no fim. Ele é um anime que poderia ser um dos melhores do ano, mas perdeu a chance. Este anime é Kami sama no Memochou.

Fujishima Narumi sempre ficou pouco tempo nas cidade por causa dos pais, então ele sempre escolhe clubes que não tem ninguém. Quando ele vai para Tokyo, ele conhece a Shinozaki Ayaka que trabalha em uma casa de ramem. Por alguma brincadeira do destino, ele conhece a Alice que é a líder dos NEET Tantei. Um grupo de NEETs que tem um serviço superior aos clássicos detetives por causa do acesso a informações que eles tem e a grande missão deles é “retirar da cova as palavras perdidas, machucar os vivos para proteger a honra dos mortos e incomodar os mortos para consolar os vivos”. O anime então é do gênero mistério focando em investigação.

O anime pode lembrar a Gosick, aqui tem uma menina inteligente que resolve os casos em base das informações que ela tem e um menino que está como um servo e algumas vezes faz coisas legais. Ao mesmo tempo ela lembra a um Sherlock Holmes repaginado. Da mesma forma, eles apenas escutam as informações no seu quarto e apenas sai dela para dar o resultado final, sempre já sabendo da resposta.

O primeiro episódios deste anime teve 50 minutos e foi muito divertido, ele apresentou o universo sem tantas frescuras e logo foi mostrar as caras do universo, ou a impressão que tinha dela, a de um anime que os personagens usam mascaras e o grupo deveria mostrar a sua verdadeira cara.

Mas o que aconteceu é que o anime teve uma evolução lenta, perdendo muito tempo e se fazendo como se tivesse muito mais episódios do que teriam, então no total o anime mostrou muito pouca coisa e isso acabo pesando muito. O fim cruel que todos esperavam não viam, o primeiro foi legal, o segundo sem graça, o terceiro normal, e só o quarto e último foi ter um fim lá mais divertido.

O que pode mais estressar o pessoal é o episódio de baseball que ele mostrou aleatóriamente. Aquele episódio foi sem graça e ignorável e tira mais um pouco do potencial dele.

A abertura é um daqueles clássicos anisong, ela é cantada pela choucho. Uma artista que começou a fazer sucesso com os covers que ela fazia no nico nico douga e recentemente foi chamada pelo grupo supercell para ser uma guest vocal. A animação tem nada de surpreendente, mas aceitável.

O encerramento do primeiro episódio era um rock americano que ia contra a maré do anime, quebrando o ritmo e mesmo que fossem apenas fotos reais sendo jogados na tela era algo diferente. Mas eles mudaram tudo e passou para uma música anisong aleatória com uma animação genérica. Decepciona por ter um antecessor bom.

Resumindo Tudo: O anime é relativamente bom, mas ele decepciona por causa do ótimo primeiro episódio. Recomendo para quem gostou de Gosick e gosta de mistérios, mas já deixo avisado que não deve esperar a mesma qualidade do primeiro episódio até chegar no último arco dele.

Anúncios

3 pensamentos sobre “Kami sama no Memochou [review] by Eiti

    • Não que esse anime seja ruim, mas ele criou uma expectativa maior do que ele conseguiu atender, então se você ver sem ter tanta expectativa por causa do primeiro episódio acho que você pode até gostar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s