Kami sama Dolls [review] by Eiti

 

Quando escrevi a preview deste anime, eu até falei bem. Mas os pontos que eu tinha falado se perdeu e virou apenas algo genérico. Estou falando de Kami sama Dolls.

A estória é sobre o jovem Kyohei, um estudante universitário que saiu de sua vila que tem uma cultura oculta que ninguém além dos membros dela deve saber. Ele tentava viver os dias de paz que não tinha na vila, mas o encontro com um amigo de infância faz com que toda essa ilusão seja destruída e volta a memória do passada na vila.

Este anime é uma daquelas clássicas que a menina lá vai descobrindo sobre o poder que ela tem, no caso o kukuri, e vai filosofando sobre sua utilização. A evolução do anime é lenta e cliché, então vira só um saco. Existe apenas um momento legal na estória que mostra por que o Kyohei deixou de ser um seki (quem controla o Kukuri) e o que aconteceu com o amigo dele. Mesmo a cena épica que é mostrado no começo do anime, não anima.

O sangue que tinha no primeiro episódio também desapareceu. Ele perdeu a violência que tinha e só volta no passado do Kyohei, em fim, o sangue existe só quando o Aki está, mas ele fica um bom tempo preso …

Para não desanimar totalmente, futuramente o anime deve ficar mais animal. Já que o Kyohei deve voltar a ser um seki (uma coisa que tudo mundo já esperava desde o começo). Mas esse momento mais divertido deve ficar para uma outra temporada.

Como falei antes, os personagens são chatos. Eles não ajudam em nada e os momentos que eles tentam misturar com um pouco de slice of life é chato. O Kyohei é um personagem interessante, mas ele passa mais tempo se culpando sobre os acontecimentos do passado e ficando vermelho ao ver a Hibino. Ela também não ajuda, é uma daquelas boing meio perdida. Apesar dela não ser aquelas tontinhas, ela não sabe de nada sobre o universo, algumas vezes ela serve como uma boa orelha, mas também enche saco e o fim é um saco. A Utao rende alguns momentos engraçados do anime, mas também não é uma daquelas personagens que você vai lembrar por muito tempo, é uma personagem tipo irmã mais nova genérica.

A abertura tem um ritmo incomum para os animes, por isso muitos devem achar estranho, mas é boa e a animação é bem feita. O estranho mesmo é um teatro de fantoche que tem no fim, não é engraçado e apresenta praticamente nada, pelo menos não toma mais de 1 minuto.

Resumindo Tudo: O anime pode parecer divertido no começo, mas depois o ritmo fica lento e cansativo. O character design não convence e a estória fica cliché. Mas a base da estória é divertido e ainda tem como salvar se tiver uma segunda temporada. Para o pessoal que ainda não viu, recomendo esperar se vai sair uma outra temporada (o que deve demorar, por que o anime pegou 7 volumes de 9 que saiu até agora).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s