Kabukimonogatari [livro] [review] by Eiti

Eu sei que a temporada está terminando e deveria estar escrevendo os reviews dos animes da temporada, mas to muito corrido e não estou inspirado para escrever sobre os dois animes que eu assisti e terminaram já que foram muito desinteressantes (kore wa zombie desu ka? E Medaka Box).

Vou falar sobre o Kabukimonogatari, mas alguém que costuma acompanhar o meu blog (que deve ser pouco) e conhece a ordem dos livros da série monogatari deve estar estranhando, já que ainda não falei nada do livro anterior Nekomonogatari Shiro. Antes vou falar os motivos de não ter escrito nada sobre este livro. Primeiramente, o livro não achei muito legal, não gosto da Hanekawa, então um livro comentada por ela não me pareceu interessante, apesar de uma introdução muito interessante e de um começo bem rápido, a narração da Hanekawa é muito desinteressante, tal vez ela fique muito tempo falando “eu tenho que mudar e vou conseguir fazer isso” e isso acaba desanimando. O segundo motivo é que eu tive que dar uma interrompida na leitura para ler “O Cortiço”, então não tenho certeza da minha opinião.

Voltando para o Kabukimonogatari, o livro é o mais diferente entre os outros da série. Apesar de Nekomonogatari Shiro ter uma narradora diferente, o tema principal continua sendo superar um ser misterioso. Em Kabukimonogatari o foco estão nas viagens no tempo, isso torna o livro mais próximo de um Sci-Fi com direito a paradoxos, universos paralelos e até Zumbis! Sim, você leu certo, conseguiram colocar Zumbis. Se pensarmos em todos os outros livros, a maioria dos monstros estão baseados na mitologia japonesa, com exceção dos vampiros que mesmo assim consegue conviver muito bem dentro das lendas do livro. Então o autor coloca as viagens no tempo que dá um ar meio Sci-Fi quebrando aquela imagem muito japonês.

Outro ponto importante é que o Araragi (ou mesmo a Hanekawa) costumavam contracenar com várias personagens, mas neste livro praticamente só a Oshino Shinobu interage com nosso protagonista. Isso é bom já que as conversas entre a Shinobu são bem dinâmicas e divertidas.

Mas alguns clichês dos outros livros são mantidos, no caso o Araragi sempre é assassinado. A única exceção é Nekomonogatari Shiro, neste livro o Araragi não sofre grandes danos e parece até um príncipe encantado (claro que tudo deve ser por causa da narração da apaixonada Hanekawa).

Um ponto muito interessante do livro é que apesar da modificação da estrutura, ele continua muito coesa com os outros livros. Finalmente vão explicar o motivo que a Shinobu fugiu de casa (ninguém reparou que ela ainda não tinha falado por que do nada ela fugiu, né?). Só que para entender os motivos da Shinobu tem que ter lido o Kizumonogatari, espero que saia logo o filme.

Só para confundir quem não leu os livros da série, Nekomonogatari Shiro acontece logo depois de Kabukimonogatari, mas o Neko Shiro saiu antes de Kabuki. Nisio Isin não quer mesmo facilitar a compreensão dos fãs …

Todo livro temos a introdução de alguma personagem. Neste livro foi apresentada a sobrinha do Oshino Meme, mas ela não faz nada no livro, não sei nem por que esta personagem foi introduzida. Já que ela só foi referenciada na introdução e foi só para falar de uma cena cômica. Uma personagem velha, mas repaginada foi a Hachikuji Mayoi, oras o livro é sobre o Araragi tentando salvá-la, no caso podemos ver a Hachikuji 11 anos mais velha do que conhecemos.

Resumindo Tudo: O livro é muito divertido, não digo o melhor da série, mas ele renova a série com uma estrutura diferenciada do resto. Gostaria de ver uma série em OVA deste livro. Como este livro é muito aventura com cenas bem grotescas (uma pessoa se arrastando com a metade do corpo carbonizada) seria divertido ver um OVA onde o diretor pode ter mais liberdade nas cenas, mas não esperem ação neste livro.

Anúncios

6 pensamentos sobre “Kabukimonogatari [livro] [review] by Eiti

  1. Toda vez que vc faz um resenha como essa eu sinto uma imensa vontade de ler os livros! Enquanto esse dia não chega eu continuo apenas acompanhando suas opiniões!

    Ah, boa sorte com “O Cortiço”!!!

    • Na verdade já terminei “O Cortiço”, agora to lendo o livro “A psique japonesa: grande temas dos contos de fadas japoneses”. Se for legal comento por aqui.

    • Se for na ordem de lançamento é: Bakemonogatari, kizumonogatari, nisemonogatari, nekomonogatari kuro, nekomonogatari shiro, kabukimonogatari, hanamonogatari, otorimonogatari, onimonogatari, koimonogatari, tsukumonogatari, koyomimonogatari, owarimonogatari.
      Agora se for na ordem cronológica seria: Kizumonogatari, nekomonogatari kuro, bakemonogatari, nisemonogatari, kabukimonogatari, nekomonogatari shiro, onimonogatari, otorimonogatari, koimonogatari, tsukumonogatari, hanamonogatari. O koyomimonogatari seria entre todos esses livros e o owarimonogatari aparentemente será antes do kabukimonogatari.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s