Tezuka Osamu no Buddha: Akai Sabaku yo! Utsukushiku [review] by Eiti

Esses dias estou vendo bastante coisa sobre o budismo. Não sou budista, mas tenho alguns familiares que tem muita influência dessa religião (inclusive eu), portanto estudar a religião budista acaba sendo um estudo sobre a minha família.

A verdade é que a leitura de textos religiosos diretamente é cansativos e podemos ter dificuldades para entender o que está querendo dizer, dentro da religião budista tem tanta coisa que é praticamente impossível de obter bons resultados em curto tempo. Tentar ler livros religiosos escrito atualmente também é complicado, já que cada segmento de budismo vai puxar para um lado diferente, tendo interpretações bem distinta para a mesma coisa.

Eis que vem então o mangá de Buddha do grande Osamu Tezuka. Indico a leitura deste mangá para os que não conhecem nada da religião budista e do primeiro buddha (o Siddhartha Gautama). O mangá apresenta de forma engraçada e bem livre a estória do Buddha e a base da filosofia budista, podendo de uma forma rápida e divertida aprender sobre a religião. Mas agora tem uma opção mais acessível ainda! O filme inspirado na série do Osamu Tezuka. A série terá no total 3 filmes e falarei aqui sobre o único filme que saiu até este momento.

A estória até este momento tem muitas lutas e guerras. A metade do filme não está relacionado com o Siddhartha e é importante para entender a estrutura social da época. Esta estória sobre o escravo que tenta se tornar um guerreiro de alto nível é muito interessante e emocionante. Mas mesmo no momento que o Siddhartha aparece, este início é marcado por um período de guerras e o futuro Buddha conhece as dores do mundo. Ele é treinado para ser um guerreiro e conhece uma mendiga por quem ele se apaixona e acaba a levando para um fim triste. Portanto esta primeira parte é marcado por muitas lutas e dores.

As lutas e guerras neste filme é surpreendentemente bons! A direção responsável por esta parte foi muito boa e mesmo que não esteja interessado na estória de Buddha, vale a pena conferir essas cenas de lutas. Também devo avisar que esta parte é relativamente forte. Lembrar do Osamu Tezuka e o Astroboy pode deixar a impressão de que o filme seja bobinho, mas neste momento o autor estava mais interessado em assustar do que ser acessível a crianças.

O filme acaba mostrando a vida do Siddhartha de forma muito reduzida. Ele não mostra os problemas que o Siddhartha passava, as constantes brigas com o pai que ele teve, a relação dele com a família que fez com que ele ficasse em muita dúvida sobre largar ou não a família para que ele pudesse encontrar uma forma melhor de viver. No filme parece que o Siddhartha resolveu sair do palácio por culpa da guerra sem nenhuma dúvida. A imagem do Siddhartha acaba sendo menos desinteressante por ser menos humano do que a versão do mangá. No mangá o Siddhartha sofre como uma pessoa qual quer ao fazer a opção, essa proximidade com o leitor/espectador é importante.

O traço do filme está diferente do original. Eles adaptaram o traço para o atual e fez com que ele ficasse ao menos mais acessível. É arriscado dizer se ficou mais bonito ou não, mas é verdade que ele trouxe algumas vantagens em relação ao traço original do Osamu.

Resumindo Tudo: Este filme é muito interessante e vale a pena dar uma conferida para conhecer a vida do Buddha ou ver um bom filme com um toque de ação e religiosidade. O grande trunfo deste filme é não ter aquele ar de filme infantil para que possam conhecer sobre a religião.

Anúncios

6 pensamentos sobre “Tezuka Osamu no Buddha: Akai Sabaku yo! Utsukushiku [review] by Eiti

  1. Eiti eu adoro quando escreve sobre coisas diferentes! É ótimo porque são sempre boas indicações! Gostei da ideia de ver filmes para aprender um pouco mais sobre budismo, religião quase desconhecida pra mim!

    Ótima dica!

  2. Já estava olhando…Tezuka? Mas,o traço não é dele XD. Até entendo quando adaptam o traço (não iria ficar muito bonito se não fizessem isso). Ia perguntar onde conseguiu baixar esse filme,mas li os comentários acima e..só tem em inglês? Vou procurar aqui…

    • Para assistir o filme é importante não esquecer que é uma adaptação. Acho que este filme está sofrendo por ser a todo momento comparado com o original. O filme é muito bom, mas se compararmos com o original, o mangá tem bem mais desenvolvimento do Siddhartha.
      Nem sei se tem legenda em português, já que nem procuro muito por legenda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s