O Grande Gatsby [review] [livro] by Eiti

oGrandeGatsbyAcho que já faz um tempo que não falo sobre animes por aqui. Tava vendo só doramas e os animes da temporada. Bom, então vamos falar sobre literatura americana! Comentarei sobre o “Grande Gatsby” do F. Scott Fitzgerald (muitos devem conhecer este escritor graças ao filme “O curioso caso de Benjamin Button”).

 

O livro retrata um caso de amor proibido comentado pela personagem Nick Carraway e que tem como protagonista o seu vizinho rico e que faz grandes festas chamado Gatsby. O livro se passa na década de 1920 e temos que nos lembrar que esta época é quando os EUA está num bom momento da economia e a lei seca está em vigor.

 

A leitura do livro é muito prazerosa. O narrador Nick não tem grande influência na estória, na verdade o seu papel está mais para uma testemunha de toda a confusão. É até engraçado ver que ele tem acesso a tantas cenas. A estória é dirigida lentamente no começo, mostrando algumas cenas que no começo não parece ter motivos, mas que tem um papel fundamental depois. Nenhuma cena está lá sobrando.

 

Único ponto que me incomodou é que o momento do choque é conturbado de mais. Tudo acontece como numa tempestade e fiquei até meio confuso de por que tudo estava acontecendo. É muito contrastante em relação as partes anteriores que são calmos.

 

Apesar de o livro ser escrito no modernismo, seu estilo está mais parecido com o realismo. Então podemos notar várias características desse movimento neste livro e a personagem que vai caracterizar o estilo é o Gatsby.

 

Para muitos Gatsby vai representar os EUA no livro. Um homem pobre que depois de entrar em certos negócios vai se enriquecendo. Apesar de usar várias vezes “meu velho” para aproximar o ouvinte, dando a impressão de ser uma pessoa muito amigável, na verdade ele acredita que dá para comprar qual quer coisa. Suas grandes festas são a compra de vários amigos. A sua aproximação a outras pessoas na verdade tem algum outro interesse. O problema é quando este personagem tenta comprar algo que no fim não foi possível. Deixo aqui o leitor para descobrir o fim.

 

Gatsby é sem dúvida o melhor personagem do livro. Toda sua caracterização é construída lentamente. Além dessa confusão que suas falas e seu tipo traz. A cada capítulo o personagem é caracterizado de formas diferentes. Algumas vezes por alguma fofoca, outras vezes pelo próprio Gatsby e todos tem seu nível de confiabilidade. Deixando Nick e ao leitor a escolha em quem (ou qual parte deles) acreditar.

 

Resumindo Tudo: O livro é divertido lendo em dois níveis, profunda e leve. Lendo apenas como um livro sobre romance proibido é legal. Ler tentando comparar as personagens com a época também é divertido. O estilo de narração, a caracterização das personagens e a sua relação com a época faz com que este livro seja leitura obrigatória para conhecer Fitzgerald e sua época.

 

 

Anúncios

3 pensamentos sobre “O Grande Gatsby [review] [livro] by Eiti

  1. Sabe que eu passei a adolescência toda olhando para esse livro e me recusando a ler?!?! Nunca pensei que a história fosse tão interessante!!! Bem, tenho que ler agora kkkkkkkk Acho que tenho livros demais a ler para tão pouca vida!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s