Moomin and the great flood e Comet in Moominland [livro] by Eiti

mumin_flood

Olá pessoal! Eu acredito que nunca cheguei a comentar sobre livros infantis neste blog, mas o principal motivo é que eu não leio eles! Dessa vez comentarei sobre os 2 primeiros livros infantis finlandês da série Moomin formado por 9 livros no total da autora Tove Jansson.

Comecei a ler sobre este livro pelo fato de a imagem do Moomin estar presente dentro do meu imaginário a muito tempo. O traço suave de hipopótamo dos Moomins é algo simples e, por causa disso, muito fácil de lembrar. Mas como eu não tinha ideia de como eram as histórias deles, resolvi começar a ler pela ordem cronológica.

O primeiro livro da série é “The Moomins and the Great Flood” (Os Mumins e a grande inundação) de 1945. Este é um livro bem curto e ainda não tinha todas as ideias que vão formar o universo dos Moomin. Por isso muitas vezes este livro é ignorado nas várias adaptações e estudos sobre as obras (tanto que a edição em inglês só saiu em homenagem a 60 anos de publicação do livro em 2005).

Continuar lendo

MoshiDora [Livro] by Eiti

moshidoraMoshidora fala sobre a surpreendente ideia de uma Jyoshi Manager (algo como ajudante) do clube de baseball aplicar os conceitos de administração do Drucker no time para levá-lo até o campeonato nacional estudantil. Mas acredito que mais surpreendente que a premissa seja a ideia de explicar conceitos de administração para pessoas totalmente leigas que gostam de ler livros simples e de rápida leitura como Light Novel (não estou criticando o gênero, inclusive eu gosto de ler). Mas ela funciona?

Continuar lendo

Futari no Kyori no Gaisan (Kotenbu series) [livro] by Eiti

hyouka

Olá pessoal! Muitos leitores do Japanholic e os CDCs adoram Hyouka. Como eu também sou um dos fãs comprei o único livro lançado que não foi animado no anime chamado “Futari no kyori no gaisan” (tradução direta, Estimativa da distância dos dois), também chamado de “It walk by past” do Honobu Yonezawa.

O livro começa com o Houtaro Oreki se preparando para correr uma meia maratona. Para uma pessoa que tenta sempre seguir a regra do menor esforço, este evento não é muito agradável. Desta vez será ainda pior, ele deve tentar descobrir o motivo da saída da novata Oohina Tomoko do clube “Kotenbu” após algum evento com a Chitanda Eru.

Continuar lendo

O Sebo, Primeiro Vol. de Biblia Koshodou no Jiken Techou e Light Novel [livro] [review]

biblia

Aqui perto de onde eu trabalho tem um pequeno, mas elegante sebo. Pequeno tal vez por estar numa região central da capital paulista. O sebo é uma mistura de sebo com cafeteria e lanchonete, apesar de eu sempre ver os locais onde deveriam ter doces vazias. O amontoado de livros usados ordenado pelo nome (e não pelo sobrenome, o que me deixa confuso ao procurar os livros) estão todos colocados a formar um paredão muito interessante. Na parte da frente tem vários livros de arte cuidadosamente colocados e que nunca arrisquei perguntar os preços.

Continuar lendo

O Grande Gatsby [review] [livro] by Eiti

oGrandeGatsbyAcho que já faz um tempo que não falo sobre animes por aqui. Tava vendo só doramas e os animes da temporada. Bom, então vamos falar sobre literatura americana! Comentarei sobre o “Grande Gatsby” do F. Scott Fitzgerald (muitos devem conhecer este escritor graças ao filme “O curioso caso de Benjamin Button”).

 

O livro retrata um caso de amor proibido comentado pela personagem Nick Carraway e que tem como protagonista o seu vizinho rico e que faz grandes festas chamado Gatsby. O livro se passa na década de 1920 e temos que nos lembrar que esta época é quando os EUA está num bom momento da economia e a lei seca está em vigor.

Continuar lendo

TUGUMI [livro] [review] by Eiti

TUGUMI (publicado em português em Portugal como “Adeus, Tsugumi”) foi publicado originalmente em 1989 por Yoshimoto Banana. Sinceramente não tinha muitos motivos para ler este livro, mas algo nele me cativou.

A estória é contada por Maria e tem como protagonista a Tsugumi que é uma menina de corpo frágil desde pequena e não poderia fazer muita coisa que logo ficava com febre, vivendo sempre próximo da morte. Apesar de sua característica física, ela é uma menina muito forte e os mimos que as pessoas envolta davam a ela fez com que a menina se tornasse egocêntrica. A delicadeza e a beleza do corpo contrasta com essa mentalidade e seu jeito de falar costuma ser muito rude. Esses contrastes marcam a Tsugumi e isso leva a uma leitura muito descritiva desta personagem e nos surpreendemos ao longo do livro.

Continuar lendo